Seguidores

domingo, 10 de março de 2013

PAI, NÃO FUI EU por ILAN BRENMAN

 





Estava sentado no silêncio do meu escritório escrevendo uma história, e de repente, CATAPUM!, uma coisa pesada caiu no chão. Ia abrir a porta para ver o que tinha acontecido, quando ouvi minha filha dizendo:

-Pai, não fui eu, foi o leopardo!

Postar um comentário