Seguidores

segunda-feira, 27 de junho de 2016

SER TÃO PARTHENON

A festa junina Ser tão Parthenon, homenagem ao livro SERTÃO, foi maravilhoso. Cada detalhe da ambientação e  músicas escolhidas para as danças lembrava a história de Tonho e sua espera pelo pássaro da história. 

Clique nas imagens para ampliar!













































terça-feira, 21 de junho de 2016

SER TÃO PARTHENON - FESTA JUNINA 2016




A festa junina “SerTão Parthenon”, acontecerá no Colégio Parthenon, de 24 a 26 de junho, será uma festa com o intuito de aproximar a comunidade desse SERTÃO... de danças, festividades e de inúmeras lutas e resistências diárias, mas que guarda no seu jeito de ser, um lugar de acolhimento, trabalho e aprendizagem.

Os alunos entrarão em contato com a musicalidade de Luiz Gonzaga e Dominguinhos e terão a possibilidade de compreender que esse “ser tão nordestino” está um pouco em cada um de nós, por meio da cultura e memória. A obra literária “SERTÃO” de Fábio Monteiro e Maurício Negro será homenageada nessa festa e assim o Parthenon torna-se mais uma vez, um lugar de cultura, sabores e saberes.
Venha conhecer nosso SERTÃO PARTHENON.
Clique e confira todas as informações sobre a Festa Junina 2016!http://www.colegioparthenon.com.br/fique-ligado/493-festa-junina-2016-sertao.html

quinta-feira, 16 de junho de 2016

LANÇAMENTO - SERTÃO - FÁBIO MONTEIRO E MAURÍCIO NEGRO

Era um SerTão dentro do menino(a)...





Era um SerTão dentro do pássaro...




Era um SerTão desfeito em voo de pássaro e no olhar encantado do menino.





Foi assim que o Maurício Negro e eu, fizemos nosso lançamento do livro SERTÃO no Colégio Parthenon. E com o olhar de muitas crianças presentes, nosso livro voo pelos olhos e imaginações de todos eles.




Todos acompanharam atentamente a história do livro e depois fizeram perguntas sobre literatura, criação, ilustrações e curiosidades sobre o ofício de autoria de imagens e textos.






O rio mais perto... Era muito longe dali...






Na contação dessa história, Tonho desperta e vê por entre as frestas dos seus pequenos dedos, uma paisagem de solidão...



A Ararinha voa e encontra a chuva nas mãos desses pequenos leitores.



E eles conferem com as imagens essa história de amizade e esperança de chuva.




Assim como ao pequeno Tonho, o pássaro atrai e encanta meu olhar para o voo de todos os dias, o voo de esperança de novos dias.







Sertão toca os leitores pela singeleza da narrativa, pela árida paisagem sertaneja e pelos encantos de um menino que relata a sua amizade com um pássaro. 
Tonho vive no sertão e conhece um pássaro que voa por vários lugares, trazendo a ele realidades diferentes (a chuva, a guerra, a dor) e novas descobertas. O autoconhecimento e as novas descobertas são trazidos pela natureza, assim como a passagem de um mundo estéril a um abundante.
Sertão reporta-nos aos laços de amizade e ligação sentimental que vão se construindo no contato. Propõe, também, um modo muito lírico na descoberta de realidades diferentes.

Compre já
https://www.paulinas.org.br/loja/sertao

Título: Sertão
Autor: Fábio Monteiro
Ilustrações: Mauricio Negro
ISBN: 978-85-356-4133-2
Páginas: 40
Edição: 1
Ano: 2016
Idioma: PORTUGUÊS
Formato: 20,0 x 20,0 cm
Código: 529176
Preço: R$ 39,90

terça-feira, 14 de junho de 2016

SALÃO DO LIVRO DA FNLIJ PARA CRIANÇAS E JOVENS 2016


No dia 11/06 conversei com a ilustradora Elma sobre o livro 'O clube dos livros esquecidos' - Editora do Brasil -, uma grande oportunidade de pensarmos sobre ilustração, narrativa, imaginação e inclusão social. 



Encontros do salão - André Neves, Marina Colasanti, Jeane Sandrele, Luciano Pontes e Ana Maria Santeiro. 


No dia 13/11, lançamento do 'SERTÃO' da Editora Paulinas. 


Novos encontros no salão - Vânia, Luciano Pontes, Eliandro Rocha e Anna Cláudia Ramos. 



Encontro com os alunos para falar um pouco de um lugar chamado sertão. 


sexta-feira, 3 de junho de 2016

Professoras do Sesc Mossoró desenvolvem projeto interdisciplinar que une matemática e literatura


Interdisciplinaridade, ludicidade e aprendizado. Essas foram as bases para o projeto das professoras Suzana Rodrigues e Tamiza de Freitas, da Escola Sesc Mossoró



O projeto surgiu a partir do livro “A menina que contava”, de Fábio Monteiro, em que a contação da história foi mote para diversas atividades. A primeira delas foi a contagem através dos botões de um casaco transcrito do livro e que foi produzido pelos alunos da turma, com idade de 5 anos.

“Vimos nessas atividades uma maneira de estimulá-los e mostrar para eles que os números estão por toda parte”, conta Suzana. Ela explica ainda que cada página do livro dava origem a uma nova atividade, sempre ligadas a situações cotidianas na vida das crianças.

A atividade se tornou tão prazerosa para os alunos, que foi criado um espaço de interação dentro da sala de aula. A chamada “matemadoteca” reuniu tudo o que foi construído durante os cinco meses de atividades, um espaço de interação para as crianças.

“A didática prazerosa e significativa surtiu um efeito muito bom nas crianças que se interessaram tanto pela matemática”, explica Tamiza. Tanto que a técnica do Departamento Nacional, Anna Paula Jannuzzi Gasparri, viu a matemadoteca e se encantou com o projeto.

As professoras Tamiza e Suzana compartilharam a experiência durante a Semana Pedagógica do Sesc, que acontece no final de 2015, com a participação de técnicas da Educação Infantil do DN. Elas avaliaram positivamente o projeto e convidaram às professoras do Regional para apresentar o projeto no programa Rodas de Conversa do Departamento Nacional sobre o tema “Jogos Matemáticos na Educação Infantil”, realizado nos dias 18 e 19 de abril no Rio de Janeiro. 

Inclusive, esse processo didático continuará com novas propostas de adequação do projeto que será aplicado em outras turmas, com o intuito de incentivar as crianças no aprendizado das disciplinas.
 
 
Fonte: Ascom Sesc RN - Luciana Salviano
 

quarta-feira, 1 de junho de 2016

SALÃO FNLIJ DO LIVRO PARA CRIANÇAS E JOVENS 2016

Encontro com o autor




A nossa história

18º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens este ano ocorrerá entre os dias 08 e 19 de junho, no mesmo local: Centro de Convenções SulAmérica, Centro do Rio de Janeiro. O evento, patrocinado pela Petrobras desde 2001 e com apoio da Prefeitura do Rio, por meio das Secretarias Municipais de Educação, de Cultura e de Turismo, promoverá o 18º Seminário FNLIJ Bartolomeu Campos de Queirós, encontros com escritores, lançamentos de livros, performances de ilustradores e palestras com autores e especialistas em literatura infantil e juvenil. O Salão FNLIJ contará com três bibliotecas específicas para cada público (bebê, criança e jovem), além do Espaço FNLIJ de Leitura e do Espaço Petrobras do Ilustrador.
Países Convidados
A edição deste ano receberá como país convidado a Espanha, e contará com a participação de escritores, ilustradores e especialistas, que traçarão um panorama da literatura infantil e juvenil.