Seguidores

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

LEITURA, AMIZADE E AFRICANIDADE - COLÉGIO MARISTA PIO XII EM NOVO HAMBURGO - RS.

"CARTAS A POVOS DISTANTES" FOI UM EXCELENTE MOTIVO PARA UM BATE-PAPO DELICIOSO SOBRE LITERATURA, ESCRITA E LEITURA, AMIZADES E TANTOS OUTROS ASSUNTOS LEVANTADOS PELOS ALUNOS E RESPONDIDOS POR MIM. 
ALÉM DE UM TRABALHO LITERÁRIO DE VALOR INCONTESTÁVEL, FICA CLARO TANTOS OUTROS NA ORGANIZAÇÃO DAS CRIANÇAS E NA MANEIRA COMO ELAS SE COLOCAM EM RELAÇÃO A TEMAS TÃO IMPORTANTES, COMO: AS GUERRAS, O EXERCÍCIO DOS PODERES, O INTERESSE PELA LINGUAGEM POÉTICA. 
A CADA ENCONTRO COM CRIANÇAS PELO BRASIL, AUMENTA MINHA EXPECTATIVA DE TRANSFORMAÇÕES SIGNIFICATIVAS POR MEIO DA LITERATURA, HISTÓRIA E ARTE. 



quinta-feira, 19 de novembro de 2015

IGUAL, MAS DIFERENTE: SÍNDROME DE DOWN E INCLUSÃO


Você perdeu o último debate do Projeto Toda Prosa?
Não tem problema! Entre em contato com um representante da Editora do Brasil em sua região e solicite o agendamento de uma consultora educacional. Ela estará preparada para encaminhar a discussão em sua escola, baseada no material exclusivamente editado para o debate interno com seus professores e alunos.
Editora do Brasil e você: juntos, podemos fazer mais!








A Editora do Brasil conclui o ciclo de mesas-redondas gratuitas com o tema Igual, mas diferente: síndrome de Down e inclusão, que será realizado na próxima terça, 17/11/2015, no auditório do Hotel Transamerica Executive 21 Century, Alameda Lorena, 473 – Jardim Paulista, em São Paulo, das 19h30 às 21h. 

O encontro visa debater como a escola pode contribuir para a construção do conhecimento, inclusão, autonomia e socialização de crianças e adolescentes com síndrome de Down. A mesa, moderada pelo jornalista Paulo Galvão, terá a participação de Fábio Monteiro, autor de O Clube dos Livros Esquecidos (assista booktrailer aqui), do pediatra José Moacir Lacerda, da psicóloga especialista em Educação, Liliane Garcez, e da professora da Escola da Vila, Maria da Paz Castro “Gunga”. As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas podem ser feitas pelo telefone 0800 770 1055. 

A série de quatro encontros marca o lançamento da coleção Toda Prosa Falando sobre a vida, Falando sobre o mundo, que compreende dez obras de alta qualidade literária e gráfica cujas narrativas oferecem diversas possibilidades de trabalho em sala de aula, de rodas de conversa descontraídas a debates mais profundos. Os livros da coletânea servem como referência para cada uma das mesas-redondas que contam com uma plateia a qual pode sanar dúvidas e interagir com os especialistas. Assim, de acordo com os coordenadores do projeto, é possível discutir o papel da escola diante dos principais dramas e polêmicas, típicos da adolescência, que têm relevância na vida de todas as pessoas e afetam toda a sociedade.

As diferentes configurações familiares foi o tema de abertura do ciclo, em 26/10, no qual abordou como a escola pode promover o tratamento natural e respeitoso aos alunos e familiares. Já no dia 5/11, a mesa teve como tema o ‘bullying: um problema da escola, um problema da sociedade’ para tratar como a escola, enquanto formadora de cidadãos, pode lidar com essas situações e promover práticas que instituam respeito, a igualdade e a conscientização sobre o problema. No último dia 10/11, os convidados debateram o universo psicológico do aluno e o ambiente escolar inspirado em A Sala dos Professores, escrito pela professora argentina Carla Dulfano.  

Os coordenadores pedagógicos e professores de escolas públicas e privadas constituem o principal público-alvo. Mas, também é destinado para gestores escolares, pesquisadores e dirigentes de instituições reguladoras da educação em nível regional. A Editora do Brasil emitirá certificados de participação nas mesas-redondas do ciclo de debates e disponibilizará os vídeos com as íntegras dos debates no seu canal do Youtube.





quinta-feira, 12 de novembro de 2015

CICLO DE DEBATES DA EDITORA DO BRASIL - IGUAL, MAIS DIFERENTE: SÍNDROME DE DOWN E INCLUSÃO

PROJETO TODA PROSA - CICLO DE DEBATE DA EDITORA DO BRASIL

Conheça todo o projeto acessando:

www.editoradobrasil.com.br:81/todaprosa/debates


Igual, mas diferente: Síndrome de Down e inclusão

É preciso disposição e planejamento para que a trajetória desses alunos tão especiais seja proveitosa e eficiente. Além disso, é necessário preparar os demais alunos, de modo que todos estejam livres de preconceitos.

A escola é uma importante fase na vida de todos, pois ela contribui em grande parte para a construção do conhecimento e da socialização dos jovens. Para os portadores da Síndrome de Down, esse momento não pode ser diferente.

Inclusão, conhecimento e autonomia são elementos imprescindíveis aos portadores da Síndrome de Down, assim como a qualquer outro ser humano. Porém, no ambiente escolar, tais fatores podem ocorrer de forma insatisfatória devido à falta de recursos e condições ideais para que os alunos portadores da síndrome sejam recepcionados. É preciso disposição e planejamento para que a trajetória desses alunos tão especiais seja proveitosa e eficiente. Além disso, é preciso preparar os demais alunos que farão companhia a eles durante todo o ano letivo, para que todos estejam informados e livres de preconceitos.

A fim de fornecer mais uma ferramenta para o debate dessas questões, a Editora do Brasil lança “O clube dos livros esquecidos”, uma narrativa sensível e surpreendente, propondo por meio da literatura e do universo criativo de Flora e seus amigos, um olhar poético e figurativo, mas ao mesmo tempo verdadeiro, sobre a Síndrome de Down e a inclusão.